Quanto Custa sua Fé?!


SEM TÍTULO
Rezei pelo caminhoneiro
eterno solteiro

Rezei pelo malandro
eterno bicheiro

Rezei pelo espantalho
eterno fazendeiro

Rezei pelo menino
de cascão no pé
Rezei pela velhinha
que ainda tem fé

Rezei pelo mendigo
que perdeu seu chapéu
Rezei pela noiva
que se enforcou no véu

Rezei pela gente do sertão
lembrei de Lampião

Rezei pelo operário
lembrei do salário

Rezei para boi não fugir
Rezei para geada não cair
Rezei para cão latir

Rezei pôr ti
e lembrei de amar
guarde sua carteira
que eu rezo sem cobrar.
(Poesia de Eucajus)